Temperos e seus usos - O segredo do sabor na alimentação veggie



O segredo do sabor na alimentação veggie esta nos temperos

Quando fazemos uma transição de uma alimentação carnívora para uma alimentação vegetariana, a maioria das pessoas sente problemas com o sabor dos alimentos, algumas pessoas já inclinadas naturalmente a essa alimentação podem não sentir, como meu filho que sempre rejeitou a carne, mas essas pessoas tem familiares que vez ou outra vem a sua casa e sempre em encontros familiares temos comes e bebes, claro que os menos radicais vão fazer um alimento que as visitas possam comer, alguns preferem não fazer essa gentileza por amor a seu ideal, isso é bem particular, mas em qualquer uma dessas decisões cabe uma boa comida veggie, para incentivar e capturar pela boca as pessoas, para que no futuro elas não entortaram a cara para qualquer comida vegetariana e vegana, se você lhes fizer um alimento gostoso e veggie.  


Siga-nos no Facebook >>> Mundo Gastro Veggie

Temperos e seus usos

  • Açafrão >> Empresta sua cor vibrante para o arroz, sopas, saladas e pães. Tem um perfume especial.
  • Aipo ou salsão >> Cai muito bem na sopa, tem um sabor acentuado
  • Alecrim >> O rei do perfume, seu aroma combina bem com massas.
  • Baunilha >> Perfuma bolos, doces, cremes, mingaus.
  • Cebolinha >> Em pequenas rodelas, realça saladas e molhos. Faz parte das ervas finas junto com salsa e estragão.
  • Coentro >> Perfume agradável, refrescante e sabor marcante. Combina com legumes. Suas sementes são usadas para temperar marinadas.
  • Cravo >> Sabor doce, pungente, quase quente. Harmoniza-e com arroz doce, pão de mel, pudins, compotas de frutas e pratos asiáticos, especialmente indianos.
  • Cardamomo >> Seu perfume e sabor refrescante, muito usado no preparo de pães, pratos com frutas, batatas e batata-doce, pratos indianos, sopas, arroz, bolachas e saladas de frutas.
  • Canela >> Saboriza compotas, marinados, picles, ensopados, bolos, pães, biscoitos e doces caseiros.
  • Cominho >> Para molhos, cremes, legumes, sopas e pães. É essencial no curry.
  • Cúrcuma >> De sabor agradável e cor amarela, ela é usada para colorir os pratos, usada em feijões, lentilhas, molhos, refogados, sopas, pratos de arroz, batatas, vegetais, ovos, e até em receitas de biscoitos e bolos. (use-a com pimenta do reino para melhor absorção da curcumina)
  • Curry >> Feito com uma combinação de 65 tipos de especiarias diferentes. Uso: culinária indiana, arroz.
  • Dill >> Tem o sabor voltado para o anis, usado em batatas e saladas verdes. Suas sementes são usadas para temperar vinagres, marinadas e pepinos em conserva.
  • Erva doce >> Seu aroma doce, como o anis, tempera muito bem saladas, molhos e o creme fresco. O bulbo é muito bom em saladas.
  • Estragão >> Para o preparo de molhos, saladas e sopas. Tem gosto picante realçando alimentos sem muito sabor. Muito usado no preparo de vinagres de vinhos brancos.
  • Gengibre >> Muito bom como acompanhamento, picles, molhos, doces, bolos, pães, saladas.
  • Hortelã >> Chás, sucos, saladas, molhos e massas. Muito usada em pratos árabes.
  • Louro >> Combina com sopas, cozidos, e terrines. Uma folha basta para aromatizar o prato.
  • Manjericão ou alfavaca >> Dá vida ao tomate, berinjela, abobrinha. Deve ser adicionado no final para não perder seu aroma.
  • Manjerona >> Indispensável na cozinha mediterrânea, parecida com o orégano, mas seu aroma mais fino, associa-se mais facilmente a outras ervas. Para tomates, batata e arroz.
  • Menta >> Muito usada na Europa para temperar ervilhas e batatas. Também usada em saladas, em sorbet e chá.
  • Mostrada >> Conservas, pães, assados, picles e marinados (em grão). Fica uma delícia acompanhando batatas cozidas. A mostarda industrializada tem uma série de aditivos químicos.
  • Noz moscada >> Doces, molhos e massas ganham encanto com a noz moscada. Deve ser ralada somente na hora do uso e necessita de pequena quantidade para oferecer seu aroma delicado.
  • Orégano >> Sem ele a pizza não tem sabor. É companheiro perfeito do tomate, do pimentão, da berinjela, da abobrinha e das massas.
  • Páprica >> Com um sabor adocicado, ele é usado tanto para os pratos salgados como para doces. Combina com legumes e purês.
  • Salsa >> Além de decorativa acrescenta cor e sabor às saladas, molhos, purês de batatas, patês e sopas.
  • Sálvia >> Seu sabor, ligeiramente amargo, combina com legumes secos e molhos.
  • Tomilho >> Apreciado nas cozinhas européias, enriquece sopas, molhos de tomate, legumes em geral e terrine.

Comentários